15 de abr de 2014

 Você já se percebeu xingando seu GPS, discutindo com uma voz que lhe diz “vire à esquerda”, “vire à direita”, e se irritando porque seu aparelho mais atrapalha do que ajuda na hora de calcular a rota?


Pois seus problemas acabaram! Na verdade, vamos dar algumas dicas para que você não esquente mais a cabeça com seu GPS – como se o próprio trânsito já não incomodasse –, e tenha, sim, um aliado.

Bem, pra quem não sabe, GPS (Global Positioning System) é uma sigla que significa Sistema de Posicionamento Global. Através de um programa de navegação por satélite, o eletrônico é capaz de calcular a melhor trajetória desde o ponto inicial até o de destino. Os produtos já vêm com mapas das principais cidades do país, mas não representam uma totalidade de municípios e necessitam de atualização.

Está aí... um dos primeiros cuidados que se deve tomar é com a atualização do GPS. O recálculo da rota é frequentemente realizado, além disso, se houver algum ponto interditado, mudança de sentido nas vias, uma nova bifurcação, por exemplo, a atualização vai te ajudar a não rodar em círculos e encontrar o melhor caminho para seguir. Na maioria das vezes esse serviço é pago, mas consulte os serviços da empresa para saber mais sobre seus direitos.

Um ponto interessante, também, é o suporte para GPS. Parece dispensável ou desnecessário, porém, tem coisa mais irritante quando não se pode apoiar o aparelho e ele fica deslizando de um lado pro outro do banco do passageiro? Ou quando você o apoia no colo e fica com a atenção dividida entre o trânsito e o GPS: um olho no peixe e outro no gato!


Pois é, talvez seja uma prevenção para a vida você ter um suporte adequado para que a rota esteja à vista enquanto dirige. Quando se tem um “copiloto” ao lado, tudo bem, aí podemos relaxar mais quanto à busca pelo ponto desejado. Entretanto, aqueles que trabalham com entregas e conduzem sozinho o veículo, por exemplo, necessitam de algo mais cômodo.


Há vários acessórios no mercado para esse tipo de produto. Confira, apenas, se o suporte está do tamanho adequado para o seu GPS ou se a marca de seu aparelho já dispõe de utensílios próprios.

Além disso, o processamento do GPS precisa ser ágil: caso demore muito para traçar a rota, a sua espera pode ser um agravante em sua alteração de humor, não há como ficar esperando a boa vontade do aparelho para funcionar.

Fique atento para o armazenamento dos mapas. Geralmente, esses dispositivos vêm com cartão SD já que sua memória interna não é tão extensa. Se você quiser aproveitar os serviços multimídia do seu GPS, como músicas e jogos, certifique-se de comprar um SD com espaço suficiente. Depois não fique com raiva se faltar slot para as canções que você gosta, nós avisamos!

Bem, vimos que há várias maneiras de contornar a situação de irritação no trânsito, sem passar estresse com seu GPS automotivo. Use a tecnologia ao seu favor, além disso, o nervosismo só te faz envelhecer mais rápido e não faz bem ao coração! Esperamos que você tenha curtido nossas dicas sobre GPS e tenha aprendido a se controlar para não perder a cabeça com o produto. Siga o blog para mais novidades em automóveis, garantimos que você não vai perder a viagem. Até mais!

Este post é uma contribuição da equipe do Buscapé ao blog Carburado.

Categories:

Receba as atualizações do Blog Carburado gratuitamente por e-mail:

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

1 - Todos os comentários serão moderados.
2 - Comentários com ofensas e vocabulário de baixo nível não serão aprovados.
3 – Comentários com ofensas a outros comentaristas não serão aprovados.
4 – Na medida do possível a havendo necessidade os comentários serão respondidos.
5 – Spans e propagandas não serão aprovados.
6 – O sistema de comentários possui um campo para website favor usar este campo pois só serão aprovados comentários com referencias para outros sites caso este for muito relevante.

Related Posts with Thumbnails

Receba as atualizações do Blog Carburado gratuitamente por e-mail:

Procurar

Inscreva-se no RSS Feed Siga o Carburado no Twitter!