15 de ago de 2011

O conforto e a comodidade do câmbio automático chegam à linha 2012 do Renault Logan. A exemplo do que aconteceu recentemente com o Novo Sandero, o equipamento, passa a integrar a linha do sedã compacto da Renault do Brasil. Além disso, o modelo, que chega a partir desta semana nas concessionárias da marca em todo o país, recebeu modificações estéticas no interior e exterior, que o deixam em sintonia com os demais veículos da marca disponíveis no mercado nacional.

O câmbio automático de quatro marchas, com opção de troca seqüencial, vai proporcionar mais comodidade aos motoristas principalmente no trânsito urbano. O equipamento está disponível na versão topo de linha, Expression.


Além da Expression Automática, a gama Logan 2012 também contará com as versões Authentique e Expression - equipadas com motor 1.0 16V Hi-Flex - e a Expression com câmbio manual e propulsor 1.6 8V Hi-Torque.

A exemplo do que aconteceu com o Novo Sandero Automático, a escolha do motor 1.6 16V Hi-Flex para trabalhar em conjunto com a caixa automática que equipará o Logan deve-se, principalmente, pela sua adaptabilidade, performance e baixo consumo de combustível. O Logan Expression Automático 1.6 16V Hi-Flex desenvolve 107 cv, quando abastecido com gasolina, e 112 cv com etanol no tanque.

O Renault Logan Expression 1.6 16V Hi-Flex com câmbio automático terá preço sugerido a partir de R$ 41.950,00, enquanto a versão manual, equipada com motor 1.6 8V Hi-Torque e com a mesma lista de equipamentos de série, é comercializada a partir de R$ 38.450,00.

O câmbio automático do Logan 2012 é auto-adaptável, ou seja, modela-se ao estilo de condução do motorista. São nove programas diferentes, que vão desde uma condução mais suave até uma performance mais esportiva.

Esta caixa possui uma central eletrônica “inteligente”, que avalia, a todo instante, qual a melhor marcha para determinada situação ou o melhor momento para a troca de marchas, em função do estilo de condução do motorista.

O câmbio automático que equipará a linha 2012 do Logan conta com a função “Kick down”. Acionada quando o motorista pisa até o fim e de forma rápida o pedal do acelerador, a central eletrônica avalia e realiza a redução de uma ou duas marchas, conforme dos dados avaliados por ela. Essa operação melhora a aceleração disponível, como, por exemplo, na realização de ultrapassagens.

Para otimizar o funcionamento e a performance do câmbio automático em função das características específicas do Logan, o conversor de torque adotado neste modelos possui turbinas internas com novas dimensões.

O conversor de torque é um tipo de acoplamento hidráulico entre o motor e o câmbio, sendo responsável por transferir a força gerada pelo propulsor para a caixa, cumprindo assim, papel semelhante ao da embreagem no carros com câmbio manual.


Categories:

Receba as atualizações do Blog Carburado gratuitamente por e-mail:

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

1 - Todos os comentários serão moderados.
2 - Comentários com ofensas e vocabulário de baixo nível não serão aprovados.
3 – Comentários com ofensas a outros comentaristas não serão aprovados.
4 – Na medida do possível a havendo necessidade os comentários serão respondidos.
5 – Spans e propagandas não serão aprovados.
6 – O sistema de comentários possui um campo para website favor usar este campo pois só serão aprovados comentários com referencias para outros sites caso este for muito relevante.

Related Posts with Thumbnails

Receba as atualizações do Blog Carburado gratuitamente por e-mail:

Procurar

Inscreva-se no RSS Feed Siga o Carburado no Twitter!