9 de nov de 2009

Leia também a 1ª parte, 2ª parte, 3ª parte, 4ª parte, 5ª parte, 6ª parte, 7ª parte e 8ª parte.

6 – Pré-ignição


A pré-ignição é a ignição espontânea da mistura antes da ocorrência da faísca de ignição regular, ou seja, uma porção da mistura se queima enquanto o pistão ainda tem que percorrer uma certa distância no curso da compressão.

As principais causas da pré-ignição são as seguintes:

1 – Depósitos de carvão que permanecem incandescentes.
2 – Válvulas operando em temperaturas acima do normal devido à folga excessiva das guias, ou vedação insuficiente com os assentos das válvulas.
3 – Pontos de superaquecimento causados por um sistema de refrigeração ineficiente ou danificado.
4 – Velas de ignição demasiadamente quentes para a aplicação especifica ou com os núcleos de porcelana rachados ou quebrados.
5 – Ignição cruzada. Voltagem induzida nos fios de vela, instalados paralelamente, que age como um avanço de 90° no ponto de ignição dos motores e pode causar a pré-ignição.
6 – A detonação ou condições que a provocam.
7 – Ângulos agudos na câmara de combustão.

Ao contrário de um motor (álcool/gasolina) onde a combustão esteja se desenvolvendo de maneira normal, num motor com pré-ignição, a combustão se processa de maneira descontrolada, conforme demonstrado abaixo:

1 – Quando o pistão está próximo do final do curso de compressão, um parte da mistura ar-combustível inflama-se espontaneamente (devido a um dos fatores anteriores citados, por exemplo, um ponto aquecido), dando origem a uma primeira frente de chama.



2 – Continuando o ciclo de funcionamento do motor, a vela emite uma faísca, dando origem a uma segunda frente de chama.



3 – Ambas frentes de chama se propagam.



4 – Da mesma forma como na detonação, as duas frentes se chocam, provocando os ruídos metálicos e pancadas fortes conhecidos como “batida de pino” e conseqüente perda de potência do motor.



Uma vez constatada a pré-ignição deve-se imediatamente reparar o motor, pois, se o mesmo continuar em operação, poderão vir graves avarias aos pistões anéis e válvulas, como ocorreu no pistão ilustrado na figura abaixo, onde as altas pressões e temperaturas provocadas pela pré-ignição queimaram-lhe a cabeça até formar um buraco.


A pré-ignição destruiu este pistão fazendo um buraco na parte superior.

Categories:

Receba as atualizações do Blog Carburado gratuitamente por e-mail:

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

1 - Todos os comentários serão moderados.
2 - Comentários com ofensas e vocabulário de baixo nível não serão aprovados.
3 – Comentários com ofensas a outros comentaristas não serão aprovados.
4 – Na medida do possível a havendo necessidade os comentários serão respondidos.
5 – Spans e propagandas não serão aprovados.
6 – O sistema de comentários possui um campo para website favor usar este campo pois só serão aprovados comentários com referencias para outros sites caso este for muito relevante.

Related Posts with Thumbnails

Receba as atualizações do Blog Carburado gratuitamente por e-mail:

Procurar

Inscreva-se no RSS Feed Siga o Carburado no Twitter!