25 de mai de 2009

Se você ainda não leu a 1ª parte, 2ª parte, 3ª parte, 4ª parte, 5ª parte, 6ª parte, 7ª parte e 8ª parte de Troca de Anéis, pode ser que fique em duvidas no texto seguinte.

Exame dos pinos de pistão


Além dos pistões em si, também os pinos podem sofrer desgaste.

Por isso verifique, e sempre , se os pinos de pistão não estão frouxos e substitua-os se for necessário. Muitos pinos de pistão são instalados sob pressão na extremidade superior da biela sendo necessárias ferramentas especiais para pôr e tirar esses pinos. Consulte o manual de serviço do motor antes de tentar retirar o pino do pistão. Isto poupará tempo e possíveis danos ao pistão se os pinos forem do tipo colocado sob pressão.

Exame das bielas


Um outro ponto importantíssimo a ser observado, e que muitas vezes é deixado de lado, é a verificação do estado das bielas.

Se uma biela estiver empenada, ela vai fazer com que o pistão fique desalinhado dentro do cilindro, provocando um contato irregular dos anéis com a parede do cilindro.


Uma biela empenada faz com que o pistão fique desalinhado dentro do cilindro.


Quando isso ocorre em um lado do pistão , o canto superior dos anéis é que vai fazer contato com a parede do cilindro, enquanto que, no lado oposto, somente o canto inferior é que vai fazer este contato.


O canto superior do anel, em contato com a parede do cilindro aumenta o consumo de óleo.


Esse contato incorreto dos anéis provoca um aumento no consumo de óleo e desgaste irregular dos anéis.

Além disso, como todo o conjunto pistão-biela trabalha desalinhado e portanto, forçado, outras partes também apresentarão desgaste irregular, estando entre elas as bronzinas e bielas.

Como pode-se observar na figura abaixo devido ao empenamento das bielas, as bronzinas tenderão a se desgastar mais em pontos opostos o que, sem dúvida, reduzirá sensivelmente sua vida útil.


Bronzinas desgastadas em regiões opostas.


Para se descobrir se uma biela está empenada existem aparelhos apropriados que permitem determinar-se, exatamente, quanto é e onde está localizado o desalinhamento.


Verificação do alinhamento das bielas.


No entanto, uma pré-determinação pode ser feita através da observação dos locais de desgaste do pistão.

Se o pistão estiver mais gasto, de um lado, na parte superior (região dos anéis) e no lado oposto, o maior desgaste for na parte inferior da saia, isto indicará que a biela está empenada.

Um desgaste em diagonal, conforme indicado na figura abaixo, também é indicio de empenamento da biela.


O desgaste do pistão em diagonal é indicio de empenamento da biela.

Categories:

Receba as atualizações do Blog Carburado gratuitamente por e-mail:

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

1 - Todos os comentários serão moderados.
2 - Comentários com ofensas e vocabulário de baixo nível não serão aprovados.
3 – Comentários com ofensas a outros comentaristas não serão aprovados.
4 – Na medida do possível a havendo necessidade os comentários serão respondidos.
5 – Spans e propagandas não serão aprovados.
6 – O sistema de comentários possui um campo para website favor usar este campo pois só serão aprovados comentários com referencias para outros sites caso este for muito relevante.

Related Posts with Thumbnails

Receba as atualizações do Blog Carburado gratuitamente por e-mail:

Procurar

Inscreva-se no RSS Feed Siga o Carburado no Twitter!