30 de jun de 2008

A Peugeot mostrou à imprensa especializada o novo 207 nacional, reestilização do 206 com toques do 207 europeu esta semana, em Búzios, RJ. Sem condições de trazer o 207 real, a marca optou por uma estratégia usada há muitos anos pela montadoras antigas, dar um tapa no visual, melhorar alguns aspectos do carro e rebatizá-lo como um novo produto.

Funciona com as marcas tradicionais, mas será que o público da Peugeot, acostumado a modernidade e em andar em veículos em linha com o exterior, gostará? Só o início das vendas para saber.

Ao menos o carro ficou mais barato. Não se sabe se temendo a recepção morna que o modelo teve entre o público, a marca francesa decidiu oferecer o compacto com um desconto considerável.

Um exemplo: o 206 hatch 1.4 Presence custava R$ 39 750 em junho de 2007, valor que aumentou para R$ 40 790 este mês. O 207 XR, versão equivalente, tem preço de R$ 37 790, R$ 3 000 a menos.

Por falar em XR, a Peugeot mudou a nomenclatura no 207. Nada de palavras francesas, em lugar disso siglas, como a maior parte do mercado faz. Portanto, a versãoo mais simples chama-se XR, a com toques esportivos, XR S, e a top de linha, XS. Ajuda também a não confundir com o sedã 207, que se chama Passion.

Embora não tenha informado os valores do 207 Passion, estimamos os preços, baseado na diferença entre o hatch e a perua SW. Como havíamos informado, o 207 só será vendido em agosto, uma estratégia que até agora nós não entendemos. Permanece em linha apenas o 206 Sensation, básico, com preço de R$ 28 690.

Melhor ao vivo
É quase uma lei: ver um carro ao vivo é sempre diferente de observá-lo em fotos e com o 207 nacional é assim também. O resultado da plástica ficou bom, sem dúvida. Claro, imaginando que não exista o 207 original. A frente, embora mais agressiva, é muito atraente e, como é uma evolução do design do 206, não parece tão artificial quanto alguns facelifts.

A traseira do hatch, embora tenha sido pouco mexida, recebeu bem o novo pára-choque ressaltado - as lanternas com desenho novo já haviam mudado em 2004. Mas é por dentro que o 207 dá melhor impressão. A parte superior do painel conferiu mais qualidade ao carro, sbretudo o novo painel de instrumentos.

Pena que a partir daí o 207 continua 206: os comandos dos vidros estão no mesmo lugar e o espaço interno, exíguo.

Melhor andando
As discretas mudanças mecânicas parecem ter funcionado. O carro está um pouco mais ágil e a suspensão não dá a impressão de fragilidade da anterior. O carro passa mais confiança nas curvas. Já o câmbio, que era razoável, ficou mais preciso e de encaixes mais suaves.

Em comparação ao seu novo rival da Renault, o Sandero, o 207 continuará devendo espaço interno, mas é um carro com interior e visual muito mais agradável.

Confira os preços:

Peugeot 207 XR 1.4 - hatch R$ 37 790 - SW - R$ 42 990 - Passion - R$ 40 000 (estimado)
Peugeot 207 XR S 1.4 - hatch R$ 39 950 - SW - R$ 44 790 - Passion - R$ 42 500 (estimado)
Peugeot 207 XS 1.6 - hatch R$ 43 300 - SW - n/d - Passion - R$ 45 500 (estimado)
Peugeot 207 XS 1.6 aut. - hatch R$ 48 800 - SW - R$ 52 500 - Passion - R$ 50 500 (estimado)

Fonte
Categories: ,

Receba as atualizações do Blog Carburado gratuitamente por e-mail:

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Só fizeram burradas! Colocar as lanternas de neblina no parachoque traseiro - justamente o lugar que foi feito para ser atingido primeiro! Vão quebrar em todas as manobras e encostadas do motorista e dos outros que encostam na gente. E as peças da Peugeot não saão baratas - todo mundo sabe! Parece um sensor de para-choque lusitano! kkkkkkkkk!
    A frente não é do 207 por que mantem a entrada de car do capô, o acabamento dos parachoques são diferentes e os faroi de neblina são do 206.
    O interior não é do 207 porque todo 207 tem ar digital e não aqueles botões horrendos e antiquados. E o 207 tem o controle dos vidros nas portas, outro console e outro volante.
    Por que chamar de 207 essa gambiarra, monstrengo Frankstein, embromation?
    E o novo Gol que vai competir com ele, hein? Todo novo! Adivinha quem vai vender mais?

    ResponderExcluir
  2. Pior que é, geralmente as montadoras fazem esse tipo de gambiarra juntando um monte de peças do estoque dizem que é um novo carro e empurram para o consumidor goela a baixo.
    Quanto às lanternas de neblina as autopeças agradecem.
    Eu também aposto no novo gol.

    ResponderExcluir

1 - Todos os comentários serão moderados.
2 - Comentários com ofensas e vocabulário de baixo nível não serão aprovados.
3 – Comentários com ofensas a outros comentaristas não serão aprovados.
4 – Na medida do possível a havendo necessidade os comentários serão respondidos.
5 – Spans e propagandas não serão aprovados.
6 – O sistema de comentários possui um campo para website favor usar este campo pois só serão aprovados comentários com referencias para outros sites caso este for muito relevante.

Related Posts with Thumbnails

Receba as atualizações do Blog Carburado gratuitamente por e-mail:

Procurar

Inscreva-se no RSS Feed Siga o Carburado no Twitter!